Dragon Cheats Oficial

Magic The Gathering 2013: o card game mais viciante de todos os tempos está de volta!

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Magic The Gathering 2013: o card game mais viciante de todos os tempos está de volta!

Mensagem por mateusinho em 3/10/2012, 19:17

Nome: Magic The Gathering Duels of the Planeswalkers 2013
Gênero: Cartas
Distribuidora: Wizards of the Coast
Plataformas: PS3, Xbox 360, PC, iPad



ar no mundo. Desde seu lançamento, no início da década de 1990, o jogo atrai fãs de todos os cantos em partidas que podem ser rápidas ou até durar alguns bons minutos, dependendo da habilidade e das cartas de cada participante em um duelo.

Hoje, cerca de 20 anos após sua estreia, a série Magic conta com uma adaptação anual para os videogames, onde sempre recebe atualização de cartas, personagens, história e outras novidades.

Agora com Magic The Gathering: Duels of the Planeswalkers 2013 você vai poder conferir o que as mais recentes expansões trazem de novo e ainda ver o que mudou nas regras do ano passado para cá. Confira nossa análise completa da versão do jogo para consoles:

Conhecendo mais um pouco:

game exige que o jogador conheça bem seu baralho e as cartas nele contidas. É preciso escolher as cartas pensando na combinação de habilidades que pode destruir o inimigo em poucos segundos ou então, no mínimo, te manter na liderança dos duelos sempre. A missão principal do jogo é acabar com os pontos de vida do adversário (que começam em 20).



O jogo consiste em “realizar magias” utilizando o Mana, obtido através de cartas de Terreno. Estas cartas são divididas em cinco cores (azul, branco, preto, verde e vermelho), cada uma com sua especialidade e possibilidade. O branco é especialista em cura, enquanto o vermelho é para quem quer causar danos aos oponentes, e por aí vai.

História na telinha

Assim como no jogo anterior, Magic 2013 apresenta um modo de campanha, onde o jogador vai testar suas habilidades e duelar usando seus cards virtuais contra o computador. A ideia aqui é seguir uma série de desafios, que são até bem variados, enfrentando magos poderosos, até chegar ao chefão final, o dragão Nicol Bolas, com capacidades de destruir qualquer um.



O desafio do modo campanha é alto e não é recomendado que o jogador comece logo de cara nele. A produtora tratou de inserir cuidadosamente tutoriais explicando diversos pontos do jogo e de suas regras em praticamente todas as telas e ações do jogador. Basta realizar uma ação que um tutorial aparece na tela e você tem a opção de ler todos ou desativá-los por completo se já for um jogador experiente.

Em termos de acessibilidade, Magic 2013 faz um bom trabalho ao situar o jogador na campanha, até mesmo os mais novatos, e também sobre as regras, ainda que quebre um pouco o ritmo da campanha com as paradas constantes, inserindo tutoriais. Mas lembre-se sempre: ao dominar as regras, não se acanhe em desativar.

A jogabilidade segue as regras do jogo à risca e dá uma ajudinha extra para jogadores mais atrapalhados, com acessos rápidos e atalhos para dar zoom nas cartas, virar terrenos (para usar magias) e por aí vai. Detalhes bem trabalhados que fazem toda a diferença.

Cartinhas (virtuais) na mão

Obviamente, Magic 2013 não comporta todas as cartas já lançadas para o jogo físico. São dezenas de milhares e não teria como colocá-las todas em um jogo que custa apenas US$ 10 (cerca de R$ 21). Esta versão vem com os cards da expansão 2013 do cardgame, que saiu quase junto com o jogo eletrônico.

Desta forma, Magic 2013 serve não só para divertir os jogadores, mas também para fazer propaganda das cartas novas àqueles que ainda não conhecem a coleção. Afinal, se você jogar no seu videogame com uma carta poderosa, com certeza vai querer procurar aquela carta para o seu baralho na vida real. Comercialmente falando é uma jogada em tanto e aproveita para vender os dois produtos.



Mas não se acanhe com a quantidade. Apesar de poucas cartas, elas divertem o suficiente para te “prender” no jogo por um bom tempo. Além da campanha, que vai durar bastante, o game tem outros modos que podem ser tão divertidos quanto e não vão fazer você cansar com tanta facilidade. Ainda bem, já que a ideia de Magic sempre foi ser “mais e mais viciante”.

Multiplayer é onde mora o perigo

Se você for jogar uma partida no multiplayer, vai notar que ele é somente online, mas permite que até quatro jogadores participem, de forma cooperativa. Claro que em um mesmo aparelho não teríamos como fazer multiplayer local (os jogadores sempre iriam ver as cartas que estão na mão do outro, o que quebra totalmente a graça do jogo).

Mas isso não é ruim. Na verdade, a produtora acertou em cheio ao inserir o multiplayer online, de duelo um contra um, já que é nele que a graça do Magic realmente reside. Jogar contra o computador é legal e desafiador, mas nunca vai se comparar a encontrar outro jogador online e desfiá-lo para um duelo em tempo real. As partidas online que testamos correram bem, fluídas e sem problemas de desconexões ou lag, algo primordial em um jogo do tipo.



O modo cooperativo que citamos foi extremamente bem acertado, já que assim é possível que um segundo jogador participe do game ao seu lado e encare, junto com você, outros dois jogadores online. Isso é perfeitamente possível no Magic real, com as cartas reais, então a inclusão deste modo é plausível e bem vinda.

O multiplayer também suporta outros modos, como o Planechase e batalha de ”todos contra todos”, estes bem mais técnicos e demorados, aconselhados para jogadores mais experientes. O bom é que deixa o modo online acessível para todos os gostos e atinge todos os públicos do Magic.

Magic agora fala português

Uma das principais novidade de Magic 2013 é que ele vem totalmente dublado e traduzido para o nosso português brasileiro. A surpresa começa já no vídeo de apresentação do jogo, que mostra Nicol Bolas falando em português e descrevendo alguns de seus adversários.

Todas as cartas estão traduzidas, o que facilita bastante o acesso aos jogadores (nem todo mundo domina o inglês, idioma padrão das cartas). A tradução acompanha a versão oficial em português da livraria Devir, então quem já estava acostumado a jogar vai se sentir em casa.

Todo o restante do trabalho de tradução está muito bom, inclusive nos menus e nas explicações das regras.

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Conclusão

Magic The Gathering: Duels of the Planeswalkers 2013 é um bom jogo para quem queria voltar a jogar Magic, queria conhecer as cartas ou até mesmo queria apenas aperfeiçoar suas habilidades no famoso card game. O jogo é bem equilibrado e oferece a chance dos jogadores conhecerem e testarem as novas cartas da coleção 2013. O modo online é seu principal atrativo e vai agradar a todos os públicos, com opções de jogo para até quatro participantes.

Fonte:TechTudo










avatar
mateusinho
DRAGÃOAMARELO L:32

DRAGÃOAMARELO L:32

Titulo
Data de inscrição 06/01/2010
Dragon Points 41066
Número de Mensagens 2079

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum